Loading...

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

A Traição



Com um copo na mão
Sentado e cansado
Com o pesar da traição
Onde estais valores do passado?

Quem já não sofreu este pesar
Que nos leva à loucura
O que me leva a pensar
Se haverá uma mente pura

Ah, senta-te aqui amigo traidor
E bebe um copinho comigo
Desta vida eu quero o melhor
Não quero estar fingindo

Por isso eu vou-te perdoar
A tua facada nas costas
Mas sempre me vou lembrar
Que te atraiçoa quem tu mais gostas

Amanhã eu morro e tu também
Mas parto com a mente limpa
Com vim ao mundo, sem vintém
É bom ter coração que não minta

Pensa meu amigo naquilo que fizestes
Com o teu copo à minha frente
Fala bem e bem amanheces

Falaremos no que vai na mente

Sem comentários:

Enviar um comentário