Loading...

domingo, 8 de maio de 2011

O cheiro da sangria

Os cheiros
os fumos
o burburinho humano alegre
o tlintar de copos
o som do pão a ser cortado
aquel senta-se aquele levanta-se
o cheiro da sangria