Loading...

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Os lábios

Ontem vi tanto os teu lábios
vi-os moverem-se e parados
torcendo, comprimindo e rindo,
ai que tanto vi esses lábios
quem os beijará
quem sentirá o seu calor
não sei, mas sei que nunca os beijarei
que nunca se chegarão aos meus
que nunca gemerão com os meus
ai que ontem vi tanto os teus lábios
mas aqui pelo menos tomas um copinho comigo
e cheiras o mesmo vinho
bebes o mesmo sabor
e o vinho, como a mim,
envolve-te com um certo amor
Ai tanto vi ontem os teus lábios

Sem comentários:

Enviar um comentário