Loading...

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

O teu cheiro a coco

A nossa conversa acaba
com o despertar da alvorada
O rio calmo reflecte esta tua e minha alma
Deita-se por detrás das nuvens
tocando no mar, uma lua repleta e amarela
Mas
o teu cheiro a coco
confunde-me o meu cheirar
tinha tudo, menos um

Sem comentários:

Enviar um comentário